«

»

ago 27

Amigos? Que amigos?

Lembro que no início da temporada, muito se falava sobre o fato de Nico Rosberg e Lewis Hamilton serem amigos desde as categorias inferiores da Fórmula 1. Uma amizade bonita que durou até mesmo na principal categoria do automobilismo mundial, onde ter um amigo de verdade no grid é raro.

Hamilton - Rosberg - Mercedes

Mas se é tão difícil confiar em um amigo que é seu rival na pista, imagina quando este seu “amigo” está disputando o título contra você. Pior, quando ele também é seu “companheiro de equipe”. E é assim que a tal amizade de longas datas entre Nico e Lewis está acabando.

Na última edição da Revista Race, falamos sobre o fim da “lua de mel” entre Hamilton e Rosberg. Logo depois, o próprio piloto britânico disse que eles haviam conversado e resolvido a situação. Mas a disputa dentro da pista voltou a falar mais alto no último fim de semana, quando o germânico tocou o carro de Lewis e furou o pneu do inglês.

Sinceramente, em uma categoria tão competitiva, com pessoas de diversos países e diversas culturas diferentes, é quase que impossível ter um amigo. Até cheguei a acreditar que o respeito pela a amizade poderia ser a cura para a disputa interna entre os pilotos da Mercedes. Mas está mais do que provado que qualquer um dos dois, se precisar “trapacear” para vencer, fará isso sem mesmo pensar em equipe ou amizade.

Hamilton e Rosberg são dois pilotos extremamente competitivos e que não aceitam ver seu companheiro beneficiado por “ordens de equipe”. Por isso, farão de tudo para conquistar este título. Para piorar, Hamilton parece não ser um piloto que convive muito bem com o fato de estar atrás do seu companheiro de equipe na disputa.

E é sabendo disso que creio que a “briga” entre os dois piloto da Mercedes vista no último fim de semana não será a última até o fim do ano. Com o GP de Abu Dhabi valendo o dobro de pontos, vai faltar espaço na pista para caber os dois competidores das flechas prateadas durante as corridas.

No entanto, caso essa disputa entre os dois comece a prejudicar o rendimento do time alemão, será inevitável que o “faster than you” passe a ser ouvido no rádio de um dos dois. Vamos torcer para que não e que vejamos mais “confusões”, manobras e ultrapassagens espetaculares entre os pilotos da Mercedes nas corridas que restam.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>